Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.


 

                       
                            Salvação, o que é isso?
                  :◦.»ώ«.◦:"Para quem?":◦.»ώ«.◦:
 •`“•.¸`“•.¸ ¸.•´´ ¸.•“´•
 •¸.•“´¸.•“´ `“•.¸`“ •.¸•

           

Dito está: ao homem é dado morrer uma vez só,

depois disso vem o juízo. (Hb 9:27)

 

Mas o que farei eu para não ser condenado se sou réu preciso saber qual a acusação?

 

· A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NELES EXISTE

No princípio criou Deus os céus e a terra.

E a terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo;

e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

 

No dia primeiro.

Disse Deus: Haja luz; e houve luz.

E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação

entre a luz e as trevas.

E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite.

E foi a tarde e a manhã,

 

No dia segundo.

Disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas,

e haja separação entre águas e águas.

E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas

que estavam debaixo da expansão e as águas que

estavam sobre a expansão; e assim foi.

E chamou Deus à expansão Céus,

e foi a tarde e a manhã,

E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar;

e apareça a porção seca; e assim foi.

E chamou Deus à porção seca Terra;

e ao ajuntamento das águas chamou Mares;

e viu Deus que era bom.

 

·CRIAÇÃO DA VIDA VEGETAL

No dia terceiro

Disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra; e assim foi.

E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

E foi a tarde e a manhã,

 

E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus,

para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles

para sinais e para tempos determinados e para dias e anos.

E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar

a terra; e assim foi.

E fez Deus os dois grandes luminares:

o luminar maior para governar o dia,

e o luminar menor para governar a noite;

e fez as estrelas.

E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra,

E para governar o dia e a noite,

e para fazer separação entre a luz e as trevas;

e viu Deus que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.

 

·CRIAÇÃO DA VIDA ANIMAL

E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus.

E Deus criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

E Deus os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas nos mares; e as aves se multipliquem na terra.

 

E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.

E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie;

gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie; e assim foi.

E fez Deus as feras da terra conforme a sua espécie,

e o gado conforme a sua espécie, e todo o réptil

da terra conforme a sua espécie;

e viu Deus que era bom.

 

·CRIAÇÃO DO HOMEM

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou;

homem e mulher os criou.

E Deus os abençoou, e Deus lhes disse:

Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.

 

E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.

E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.

E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

Deus nos propiciou exemplo perfeito desde o princípio: “E havendo DEUS acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito” (Gênesis 2.2).

A liberdade era tanta que Deus falou a seus filhos comam todos os frutos do jardim, exceto o da árvore do conhecimento do bem e do mal…

 

É óbvio que foi esse o erro de nossos pais,

eles conheceram o mal; esta é a acusação.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: