Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.


 

»CÂNTICO dos cânticos
•`“•.¸`“•.¸ ¸.•´´ ¸.•“´•
•¸.•“´¸.•“´ `“•.¸`“ •.¸•

 

 

Em Cantares de Salomão Deus se apresenta como o esposo e o grau de intimidade envolve casamento e amor conjugal. Como a única forma de procriação da raça humana é o sexo o SENHOR o abençoa e santifica.

 

  • O que é a música e por que Cântico dos cânticos?

Quando se questiona qual é o significado da música pode-se encontrar diversas respostas, tais como: ‘a música não tem significado’, ‘a música significa formas e sentimentos’, ‘a música significa as emoções’, etc. Cabe entender, primeiramente, o que se quer dizer com ‘significado’; em segundo lugar, como a música manifesta idéias, formas, movimentos ou emoções; finalmente, como os ouvintes recebem e interpretam os sinais acústicos e seus significados.

O ritmo, por sua vez, não pode ser chamado, por si só, de música. Assim como uma melodia sem ritmo, também não o seria. Independentes, ambos simplesmente seriam emissão de sons isolados.

Mas a estrutura rítmica de uma música a identifica. Distinguimos, pelo ritmo, um samba de um jazz e uma valsa de uma marcha. Isto se dá porque a música tem “personalidade” própria. Suas estruturas rítmicas, melódicas e harmônicas lhe dão características definidas.

 

Somos corpo, alma e espírito, a essência em nós não são só as emoções porque o coração é enganoso, então corpo, alma e Espírito têm que estar em constante equilíbrio, o que sente o coração é a expressão da unidade com o nosso Deus que quer ser adorado em Espírito e em Verdade, num culto racional porque sabemos em quem temos crido.

A música é o formato que nos une em um só Corpo ao nosso Criador, como a Noiva e o Esposo, metáfora para Igreja e Deus.

 

“Todo nosso conhecimento inicia-se nos sentidos, passa ao entendimento e termina na Razão” (Immanuel Kant).

 

No Velho Testamento o Tabernáculo é representado por três divisões:

Átrio exterior – lugar do sacrifício; ritmo é o agrupamento dos diversos valores de tempo durante um período musical, havendo uma harmoniosa correlação das partes. Em outras palavras, é a alternância de sons no tempo. Há quem diga que tal movimento foi baseado na afluência das águas do mar.

  • Santo Lugar – pães da proposição, iluminação e incenso;

Harmonia é uma parte da música ou a arte de criar e relacionar acordes (qualquer combinação de duas ou mais notas musicais, que soam simultaneamente); que fala a alma – onde os sentimentos tendem a elevar e falam a linguagem do coração.

 

  • Santo dos santos – Presença de Deus;

Melodia – é a sucessão rítmica de sons musicais, de forma suave e agradável; diz-se também de uma peça musical suave, para apenas uma voz ou para um coro uníssono;
Nesse estágio um homem pode se relacionar com Deus, se elevando em Espírito pela melodia e pela Palavra que é a verdade, por isso em Espírito e em Verdade. 

 

O elemento que mais facilmente caracteriza uma música é seu ritmo. Alguns acham que a Igreja tem preconceito para com o ritmo. A igreja canta suas mensagens, e estas possuem ritmo. Só que há ritmo que caracteriza o sensual, o profano, e com estes devemos recusar cantar de nossa fé. Se é a isso que chamam de “preconceitos a ritmos”, então devemos ter, e muito. Mas por mais que uma letra seja sacra ela não tem poder de santificar a música.

 

Continua…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: