Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.

Arquivo para abril, 2008

Sex, drugs o rock errou


Você tem fome de quê?

 

Alter ego ou alterego (do latim alter = outro ego = eu) pode ser entendido literalmente como outro eu, outra personalidade de uma mesma pessoa. O termo é comumente utilizado em análises literárias para indicar uma identidade secreta de algum personagem ou para identificar um personagem como sendo a expressão da personalidade do próprio autor de forma geralmente não declarada. Para a psicologia, o alterego é um outro eu inconsciente.

·         Para alguns, Bernardo Soares seria o alterego de Fernando Pessoa, para outros Álvaro de Campos seria o alterego.

·         Emília seria o alterego de Monteiro Lobato.*[carece de fontes?]

·         Isaias Caminha é alterego de Lima Barreto na obra "Recordações de Isaias Caminha".

·         Hermione Granger seria o alterego de J.K. Rowling.

·         Gregor Samsa seria o alterego de Franz Kafka na obra "Metamorfose".

Quando Jesus impediu que a mulher adúltera fosse apedrejada, aquele que não tem pecado que atire a primeira pedra, como ele estava no meio de um povo em que se esperava comportamento de filhos de Deus, cada um deixou sua pedra desde o mais velho até o mais moço.

 

É impossível não ver em cada pedra o reflexo dos egos olhando para seu alterego: a pecadora abominável, "eu",  só Jesus e sua autoridade para conter a turba enlouquecida.

 

Hoje, ninguém mais se alimenta de Deus e de seu comportamento e palavra, a mídia apedreja sem piedade qualquer celebridade em seus  minutos de desgraça, Ronaldo o Fenômeno, representante mundial do futebol brasileiro, se viu envolvido com aquela velha história da humanidade: a busca do amor; fama ele já tem e o fez infeliz, dois casamentos fracassados. Então saiu a procura do consolo no anonimato, ou talvez, num momento de fuga existencial, do tipo não queria ser o que me tornei, se fosse um escritor talvez ele tivesse também seu alterego.

 

Enfim, vivemos na geração que se esqueceu de Deus, a pauta é sexo, drogas e o rock e suas consequências, quando falo rock mais no sentido de pedras rolando como uma confusão, não o som em si,  a freqüência e toda sua manifestação em torno disso tudo.

 

A felicidade  que o dinheiro não trouxe, fez desse jovem um homem fugitivo de sua vida e fama, pior, impedido de buscar a cura ou o consolo da forma como uma pessoa normal e anônima  buscaria, imagino a manchete se Ronaldo fosse à uma Igreja, e o batalhão de gente desempregada querendo seus quinze minutos de fama atrás dele. Que horror a fama!

 

Como preencher o vazio existencial de uma celebridade? Existiria um profeta capaz de ir até ele levar as novas de vida eterna? 

 

Tive mais sorte que ele, graças pelo anonimato, como é bom ser comum!!! E que dor sinto por ele, já estive  no inferno do vazio existencial, rodando a cidade a procurar alguém que me preenchesse e me consolasse.

 

É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus.

 

Acho que os travestis estão no lucro, pra eles é mais fácil, ou menos difícil sair dessa.

 

Jesus Cristo mudou meu viver!

 

Gotta Have Love


 
Yolanda Adams 
The Best

ΞΞΞ":◦.»ώ«.◦:"ΞΞΞΞΞΞ ":◦.»ώ«.◦:"ΞΞΞ

Acolher


 

Acolher 

":◦.»ώ«.◦:"

 
        "Então Barnabé, tomando-o consigo, o trouxe aos
                                      apóstolos…"

                            (Atos dos Apóstolos 9.27a)

 

As pessoas reconhecem que vivemos num tempo marcado pela violência e permanente desconfiança. As aproximações acontecem vagarosamente e o medo se evidencia quando muitas pessoas que afirmam o desejo de estar ao nosso lado, se mostraram agressivas e numa posição absolutamente oposta.

Paulo foi alguém que, a partir de suas convicções, perseguiu insistentemente homens e mulheres que seguiam a Jesus. Os discípulos do Senhor experimentaram a dor e a morte através de suas mãos. O nome e a presença de Paulo anunciavam a chegada da angústia  e da separação.

O encontro com Cristo no caminho de Damasco mudaria sua história pessoal. Mais que isso, a conversão de Paulo poderia transformar o futuro de muitas famílias. Mas, quem acreditaria nos fatos relatados por ele? Quem estenderia a sua mão para receber aquele que transpirava ameaças contra a igreja?

Barnabé foi um homem que optou acolher. Como instrumento nas mãos de Deus, abriu-se para receber Paulo. Correu riscos. Certamente enfrentou oposições. Dispôs seu coração e rompeu barreiras para acreditar que os céus podem fazer muito mais do que imaginamos. Preconceitos, estigmas e temores foram deixados para trás.

A atitude deste homem é mais que um convite ao acolhimento. Na verdade, Deus através de Barnabé nos convoca a refletir sobre o significado de seu gesto, pois é preciso que cada vez mais estejamos dispostos a receber todas as pessoas e acreditar que o outro pode e deve ser instrumento da missão de Deus para iluminar caminhos das pessoas nesta geração.

Sejamos como Barnabé. Abramos os braços, sempre!

 

Deão Sérgio Andrade 

Catedral Anglicana da SS Trindade – Recife

 

 

Sombra, vc não quer ser, quer?


Discípulo ou Sombra?
O que leva um ser criativo e cheio de
idéias, agir pelos sentimento 
e cópia de outra pessoa? 
 

Nosso trabalho como testemunhas de Cristo é manifestar o caráter dEle, como está escrito: a multiforme sabedoria de Deus seria conhecida através da Igreja pelos principados e potestades. Somos livres para representá-lo com nossas características, dons e talentos.

 

Então aquele que ganhou dois talentos angariou mais dois, o que ganhou cinco outros cinco.

 

Creio que é isso o que Deus quer de nós, multiplicação e expansão dos dons através de aperfeiçoamento dos talentos que ganhamos dEle, nossas afinidades, e principalmente, daquilo que suamos para conquistar. Eu por exemplo, não conseguia correr, mas uma amiga que é triathleta orou por mim profetizando que eu iria caminhar, porque via minha dificuldade em encarar a disciplina do corpo. Pedi a seu marido que orasse por mim, este é triathleta também, saído do crack, enfim, tomei posse deste novo dom e das palavras que recebi.

 

Já estou correndo, trotinhos leves, e treinando com uma equipe técnica me acompanhando, tudo fruto de um Ministério que o SENHOR levantou em nossa congregação, enfim, o SENHOR ouviu nossa oração e ajudou, levantando outros que nem estavam informados sobre o que rolou conosco. 

 

A graça se multiplica, mas os dons precisam ser desenvolvidos com persistência, paciência e busca.

 

Quando Eliseu recebeu porção dobrada de Elias, não pediu o dom de Elias, mas porção dobrada, ninguém quer ser apenas como o Mestre, mas superar, como o próprio Jesus disse: que faríamos obras maiores do que as dEle.

 

Creio que o mestre não quer ser copiado, mas superado.

 

Deus dá um cheque em branco pra nós e escrevemos R$100,00 cem reais.

 

Já posso ouvir suas palavras ecoando em minha mente: Homens de pequena fé. Por que sois tão tímidos? 

 

                                    Imagem: ffffound.com

 

 

 

 

 

Dowe awards 2008 – Tributo a Michael W Smith


 

♥You’re Holly♥

 

Dove Awards Amy Grant Michael W Smith American Idols Mandisa Chris Sly Phil Stacey

Fonte:  GZM

É fiel


 

Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento.

Rm 11:29

 

O SNHR está no meio de nós…

Saul recebeu o dom e oportunidade de fazer o que quisesse, porque Deus era com ele (1 Sm 10:7).

 

Ainda que Saul tivesse sido reprovado por Deus, não houve impedimento para que continuasse a reinar e reinou por quarenta anos.

 

Davi, homem segundo o coração do SENHOR prestou inúmeros favores a ele com a fidelidade de um servo, ainda que  houvesse recebido o dom de Deus para reinar, eleito pelo próprio Deus. Imagine ser o homem segundo o coração de Deus, o cara segundo O CARA? Não ousou pronunciar rebelião contra Saul, o chamava de meu senhor, ainda que tivesse chance de matá-lo, não o fez.

 

Causou-me  certa inquietação quando li a Bíblia pela primeira vez, observar, não só a fidelidade de Davi, mas, e principalmente, a fidelidade de Deus, que poderia ter interrompido o reinado de Saul, como bem quisesse.

 

Deus não muda, não revoga seus mandamentos, apóia a obediência a um Saul, ainda que não concordemos com isso. No momento em que li esta história pela primeira vez, não concordei. Como sempre questiono o SENHOR meu Deus, que apesar de toda a glória, tem paciência comigo, e se incomoda em responder, a Sua maneira, o porquê. 

 

Até hoje a natureza sofre em conseqüência da queda do homem, o Altíssimo não revogou os poderes que concedeu ao querubim ungido, que caiu. Seu sol, continuamente, nasce sobre justos e injustos, o Filho inclusive, morreu por todos.

 

É certo entender que ateus declarados atingem níveis de conhecimento elevado e quando cientistas, trabalham com afinco na certeza de provar a não existência de Deus.  Inversamente proporcional aos dons que Deus concede a seus filhos que não fazem  muita coisa para representar com eficiência o Pai na terra, e estabelecer o seu Reino. Escândalos e mais escândalos, é o que mais vemos.

 

Muitos dos filhos que chegaram à estratosfera da fama, e caem, não conseguem levantar, como aconteceu com Davi, e ao contrário destes, que se reergueu, ao encontrar arrependimento.

 

A implacável mídia evidencia os caídos com jogos de palavras vendem a tragédia, inclusive os irmãos, esquecendo que poderiam estar naquela situação, impedem os humanos que erram, de voltarem arrependidos aos cargos para os quais foram ungidos. Julgam e condenam, porque vende mais.

 

Jesus  ficou até a última ceia ao lado de Judas. Perdoou a traição de Pedro.

 

A Igreja foi feita para conhecer o SENHOR. Enfim, esse é o mundo no qual a Igreja precisa desempenhar seu papel, com o caráter e a fidelidade de quem representa. Existem os que fazem da igreja um mercado e ganham muito dinheiro com isso.  Ainda assim há conversões sinceras nestas instituições.

 

Apesar do ódio; amar. Apesar da Babilônia e  Apostasia; lutar por nossas congregações e nos santificar para que o mundo possa ser curado.

 

Não nos cabe julgamento, só atitude pró-ativa e reativa a generalização da regra que dizem dos crentes  evangélicos: pobres, feios, burros, que moramos longe. 

 

A árvore é conhecida pelo fruto. Tão certo como homens são atraídos por suas cobiças, e por aquilo que seu enganoso coração quer ouvir.  Muitos se convertem dentro do mercado, Deus fez um burro falar, ELE FAZ O QUE QUER COM QUEM SE DEIXA TRATAR. Está escrito: sai dela povo meu, uma palavra dirigida aos que estão dentro da Babilônia espiritual, a qual já estive. 

 

Há os que se convertem debaixo da ponte, dentro de cadeias, é difícil, não acreditam mais em nada, perderam a esperança em tudo, são mortos-vivos, ainda assim são alcançados.

 

Cabe ao filho honrar o Pai e agir dentro da Palavra  se permitir ser moldado. A Igreja é um grande hospital, ninguém procura hospital quando não precisa de médico.

 

Quando Saul foi morto Davi chorou, o homem segundo o coração de Deus poderia ter ficado alegre estava prestes a assumir o reinado, livre de seu algoz, não precisaria mais fugir, há quanto tempo havia sido ungido para esse dia,  não, ele ficou triste.

 

Ao conhecermos Davi passamos a entender o coração de Deus. E quando nos entregamos para Jesus, recebemos por eleição o caráter de Davi.

 

Fidelidade e honra ao SENHOR.

 

Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.

                                      Hb 13:8

 

 

 

 

 

Abre pra mim?


 

                 Eis que estou à porta e bato;… Ap 3:20

                                    ":◦.»ώ«.◦:"

 

Filho meu, se pudesse abriria a porta de seu coração, não posso, continuo à bater, minhas mãos continuam estendidas.

 

Não entende o motivo de ter sido assim criado. Não seria para que vença o mal? Senti fome, dor e tristeza, auto-piedade não me venceu. Não daria um fardo maior do que possa carregar. Eu te ajudo.

 

Conheço sua vigília, o vazio de seu coração; o preencher com distrações, isso tudo não te justifica.

 

Une-se a rebelados  que se fragilizam e se detestam, indignados não se perdoam, eu te curo, haveria coisa alguma impossível para mim?

 

Diz que não quer ser perdoado, diz que te compreendo e te aceito, diz que não tem motivos para se arrepender, porque o amor encobre multidão de pecados, e que todo aquele que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora, usa as minhas palavras para justificar seus pecados.

 

Não entende que tudo aquilo por que tenta se justificar está te matando?

 

Sente-se desprotegido de sentimentos aos quais condena, auto-apieda-se; quer encobrir com o suor de teu rosto, vive em uma gaiola de ouro. Escravo da vida, diz que me conhece, se me conhecesse e soubesse o dom que há em ti, pediria tudo e seria liberto.

 

Não crê que vim para os tristes, para os doentes? Você não precisa de médico.

 

Sua amiga a tristeza, tenta te consolar com vãs filosofias para camuflar sua dor.

 

Tic-Tac, Tic-Tac, Tic-Tac. Até quando?

 

Tem medo da morte, por isso não se suicida. Tudo aquilo que te ensinei quando inocente criança está em você. Eu te amo. Eu posso te libertar.

 

A vida é sua. Eu sei.

 

Não posso violar, seu coração.

 

Nunca invadiria seu espaço.

 

Toc-Toc, Toc-Toc, Toc-Toc, abre pra mim?

 

Ainda seu, amigo Jesus.

 

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: