Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.


 

    Voluntária fuma maconha 30 dias seguidos para

                                  documentário

 

should-i-smoke-dope.jpg  Uma inglesa que fumou maconha   todos

  os  dias durante um mês, como  parte do

  documentário       “Should      I    Smoke

  Dope?” (foto),  da BBC, sobre os efeitos

  da droga, disse   ter   ficado   paranóica, 

  assustada e incapacitada a  desempenhar 

  tarefas usuais durante o experimento.

Nicky Taylor, da cidade de Kidderminster, disse que queria saber o que aconteceria com algum dos seus três filhos se eles usassem a droga. Ela própria já havia experimentado maconha há mais de 20 anos, na faculdade, mas desde então nunca mais havia fumado.

 

Estima-se que algumas variedades mais modernas tenham cinco vezes mais da substância ativa THC do que a droga consumida na época em que Nicky estava na faculdade.

Nicky passou um mês em Amsterdã, onde a droga é legal. Ela trabalhou em um café que vendia canabis e experimentou diversos tipos da droga, com concentrações diferentes de THC, ao longo dos 30 dias. Ela se mostrou especialmente impressionada com o skunk, uma variedade mais forte, que, segundo ela, teve efeitos “absolutamente horrendos”, embora não duradouros, na sua mente.

 

“Em algumas noites, eu não conseguia dormir nada, ficava andando pelo quarto, ficando mais e mais paranóica e pensando que todo mundo que eu tinha conhecido no café, assim como a equipe da BBC, estavam falando de mim”, disse Nicky.

 

Ela disse ainda que a sua capacidade geral ficou comprometida, e tarefas como montar um móvel ficaram mais difíceis do que o normal. “A droga arruinou a minha cabeça”, disse Nicky. “Eu não repetiria isso em nenhuma hipótese. Nada mais fazia sentido para mim.”

 

A inglesa também sentiu o efeito da droga na balança. Por causa das vontades súbitas de comer doces e lanches, provocadas pela droga, ela engordou cerca de três quilos. Depois de um mês, cientistas do Instituto de Psiquiatria de Londres injetaram em Nicky uma dose de THC e de THC com canabinóides, a combinação encontrada em variedades mais fracas da droga.

 

Depois da injeção de THC puro, ela teve um “episódio psicótico”. “Eu achava que os pesquisadores eram personagens de um filme de terror”, contou Nicky. “Eu estava pensando em pular da janela.” Ao fim do experimento, ela deixou de sentir os efeitos do uso de canabis, mas disse que tentará manter os filhos afastados da droga.

 

Fonte: Cinegospel

 

NOTA:

E esse foi o inferno que vivi, durante muito tempo, só que não queria deixar, porque  não conseguia perceber os efeitos, o tempo todo estava drogada, inclusive no trabalho, esse conseguia tirar de letra, até hoje me pergunto, como?

 

E as visões durante a libertação! Daria um livro de terror.

 

Não fui internada porque minha família me deu apoio e a Igreja entrou com tudo.

 

Isso tudo porque não conseguia entender a razão da vida, queria encontrar Deus, preencher meu vazio existencial, já que pensava: Se Deus é bom por que existe morte? Na verdade, queria dizer umas poucas para Deus, perdão SENHOR.

 

Graças a Palavra que me alimentou, a paciência de minha discipuladora, hoje entendo o meu SENHOR, AMIGO E SUFICIENTE SALVADOR JESUS, O CRISTO. 

 

Infelizmente, ainda tenho muitos amigos do lado de lá, que moram longe de mim, uso esse Space para tentar me aproximar deles, sem caretice, que é o que impede muitos de conhecerem a Jesus, dado a tanta incredulidade porque a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus, e esta há muito tem sido maquiada, por manipuladores que colocam as pessoas em currais, ditos pastos verdejantes, para benefício próprio, o SENHOR não divide sua Glória com ninguém, como está escrito: Horrenda coisa é cair nas mãos do DEUS VIVO (Hb 10:31) . 

 

Cristina Coelho

                                     

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: