Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.


 

  As duas portas: entrada e saída

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.

II Tm 4:7

 

 

 

 

Santificação,  não são palavras bonitas retiradas de um livro milenar, e sim a paz decorrente da intimidade com o SENHOR, que o Apóstolo Paulo diz que guardou; a fé após o combate, que ele experimentou:

 

"E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.

Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.

Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado". 1 Co 9:25-27

 

A guerra espiritual é interna, na mente. A boa nova sem mácula, sem ruga, fruto do Espírito que lava, cura, transforma, antes é experimentada por aquele que a pronuncia. Como verdadeiro alimento, que preenche o vazio que a destituição da Glória conseqüente da queda nos causou.

 

Versículo isolado, não alimenta, para vivenciar a paz que excede todo o entendimento, precisamos subjugar nossas convicções como o próprio Filho de Deus, Jesus, quando diz: "Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice; não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres". Mc 14:36

 

A conquista de Cristo é suficiente para mim, mesmo que passe todas as dores deste mundo. Mas satanás sabe muito bem quais são nossos pontos fracos, por vezes, o que nos afasta de Deus, pode ser exatamente o contrário, como os espinhos na passagem do semeador representa: o conforto.

 

Por vezes, a humilhação e necessidade ou a doença nos une mais a Cristo; quando a ferida é aberta o bálsamo nos cura e traz a paz e a felicidade em meio ao caos. Da mesma forma que houve luz decorrente do caos na criação.

 

Pelos sinais, Jesus está às portas, porém a vida é curta e rápida, viver o Evangelho é estar preparado para cruzar a outra porta, a saída. Como Paulo. Guardar a Fé. Combater o bom combate.

 

Senhor, não permita que fique na zona de conforto, ajuda-me a renunciar a riqueza e felicidade ilusória, a qual o jovem rico não fez.

 

Esta é minha oração.

 

Em Seu Nome.

 

Amém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: