Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.

Posts marcados ‘Entretenimento’

Casal Perfeito




 

Casal Perfeito

 

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita.

 

Namoraram e um dia se casaram.

 

Formavam um casal perfeito.

 

Numa noite de Natal, ia o casal perfeito, por uma estrada deserta, quando viram alguém no acostamento pedindo ajuda. Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar. Essa pessoa era nada mais nada menos do que Papai Noel, cujo trenó havia enguiçado. Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal perfeito se ofereceu para ajudá-lo a distribuir os presentes. O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles. Infelizmente o carro se envolveu em um acidente e somente um dos três ocupantes sobreviveu.

 

Perguntas:

Quem foi o sobrevivente do trágico acidente?

A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Papai Noel?

(leia mais abaixo)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resposta: A mulher perfeita sobreviveu. Na verdade, ela era a única personagem real dessa história. Todo mundo sabe que Papai Noel e homem perfeito não existem.

 

 

 

Se você é mulher, pode fechar a mensagem, a piada acaba aqui.

 

 

 

(Homens podem continuar lendo abaixo)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, se Papai Noel não exis te, nem homem perfeito, fica claro que quem dirigia era a mulher – o que explica o acidente…

 

 

 

Se você é mulher e leu até aqui, fica provada mais uma teoria:

mulheres são curiosas, metem o bedelho onde não são chamadas e são incapazes de seguir instruções.

 

 

 

Tá rindo, né…

 

 

 kkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

 

 
É amigas, é assim que eles nos vêem,
o pior é que eles não são perfeitos;
  mas, os amamos mesmo assim,
o Amor realmente, é  cego. 
Graças a Deus!

 (Claro que foi um homem que me mandou,

 vlw Paulinho Touron)

Amei!!!

kkkkk

 

Quero um bebê desses pra mim..


 

 

Não vos conformeis com este mundo!

(Rm 12,2)
 

Tenho Tanto Sentimento

Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

(Fernando Pessoa)

Agenda da Mulher Invejosa


 

Segunda-feira:

Começar o regime. De urgência. Só falta descobrir a dieta que a Adriana fez. Aquela v….! Tudo bem, ela emagreceu, aquela porca! Ai,  ela ta macérrima, aquela barata seca! Calma! Sangue-frio! Agora é pensar na estratégia: chego perto dela, elogio a elegância e pergunto que dieta ela fez. Fácil! Difícil vai ser elogiar aquela vara de marmelo. Mas vá lá. Ela que me aguarde…

Terça-feira:

Jogar na Sena. Preciso enriquecer. Emergentemente! Aí eu ofereço uma nota preta pela cobertura duplex da Valéria. Ela não vai ter a petulância de recusar a minha proposta. Depois, ela não tem gabarito pra morar ali. E eu aqui nesse sala e quarto… Mas um dia a casa cai. A dela, não a minha. Isso mesmo! Assim que eu comprar a cobertura, boto tudo abaixo. Os dois andares. Mudo tudo. Só pra humilhar. E enquanto durar a reforma fico morando no apart-hotel mais caro da cidade. Agora o mais importante: quem vai contar tudo isso pra Valéria?

Quarta-feira:

Receber dinheiro da indenização. Finalmente! Não é lá essas coisas, mas vá lá. Aplicar hoje mesmo. E nas férias vou pra Miami. A Maria já foi quatro vezes… coisa mais cafona… Eu vou é pra Nova Iorque! Ela vai todo ano. É melhor descobrir um lugar para onde ela nunca tenha ido. Deixa eu ver esses cartões-postais que aquela cobra me mandou… Tokyo, Cancun, Abrolhos, Jerusalém, Casablanca, Venezuela, Paris, Stratford-upon-Avon… já sei! Iugoslávia! Tenho certeza de que pra lá ela nunca foi! E é pra lá que eu vou! Pode parecer estranho, mas guerra é guerra!

Quinta-feira:

Hoje eu marquei de ir ao shop com a Lucy. Não devia ter marcado. Ela vai chegar vestida como se já tivesse feito as compras. E eu com minhas roupas velhas. Nada combina com nada. Não sei como a Lucy tem tanta criatividade. Ela não repete uma roupa. Acho que ela copia essas revistas de moda… Ah, o pior é que o namorado dela tem loja lá. É claro que ela vai querer visitá-lo. Nossa, que homem! Não gosto nem de olhar. Ele nem me olha… Eu não sei o que ele viu nela. Deve ser porque ela se veste bem. É só fachada. Por falar nisso, esse mês tem cota extra do condomínio pra reforma da fachada. Eles bem que podiam copiar aquele prédio da esquina. Ali só mora gente da alta. Bom, se não der pra fazer igualzinho, que fique pelo menos parecido… Falar com a síndica.

Sexta-feira:

Ai, que saco! Já acordei de mau humor. Também não é pra menos. Vou ter que comparecer sorridente à festa de promoção da Regina. O pior vai ser entrar na vaquinha do bolo, dos salgadinhos, da cervejinha. Ô, gentalha! Ô, injustiça! Poxa, eu tenho muito mais tempo de empresa, muito mais competência, dedicação. Tudo bem, ela tem aquela bunda e aquela cara de ?vai comer agora ou quer que embrulhe??. Ela deve ter saído com o chefe. Até aí, eu também… deixa pra lá. Mas nem tudo está perdido. Tem aquele cara, o Júnior, que me dá o maior mole. Ele é meio bunda mole, mas já ouvi dizer que a família dele tem posses. Vai que alguém morre e ele ganha uma herança? Aí eu só apareço no escritório pra dizer umas verdades pra Regina, aquela carreirista.

Sábado:

Hoje eu tenho o dia inteiro pra mim. Primeiro vou malhar. Umas quinhentas flexões até eu ficar com a bunda da Tiazinha. Depois vou me depilar… Eu só queria saber o que a Claudia Raia fez pra merecer aquelas pernas. Deve malhar o dia inteiro. Não tem que pegar no batente que nem eu. Ao meio-dia faço o cabelo: massagem, relaxamento, escova, bobs, faço qualquer negócio mas não saio daquele salão enquanto o meu cabelo não ficar igualzinho ao da Malu Mader. Ela deve passar horas no cabeleireiro. Deve ter um monte de babás pra cuidar daqueles filhos lindos. Bom, se eu tivesse aquele marido, ficava me emperequetando no salão o dia inteiro. Só saía de lá pra fazer mais filhos e botava todos nessas escolas badaladas. No fundo, é tudo a mesma porcaria, mas sem dúvida, a criança já sai dali com um bom casamento engatilhado. Por falar em casamento, nem o Júnior ligou. Acho que estou encalhada… Ô, vida…

Domingo:

Churrasco na casa da Vera e do Marcos. Imperdível. Lá se come muito bem… Na verdade acho meio ostensiva toda aquela fartura. Puro exibicionismo. Eles nem pedem pra gente levar uma cervejinha. Mas eu sempre levo. A m… é chegar lá sem carro. Quando é que eu vou ter o meu? Mas tem que ser importado. Aí eu vou passar toda importante na frente dessa gente que finge não se importar com carrão. Paro num restaurante chiquérrimo e como o que me der na telha. Que nem essas pessoas que nem olham os preços no cardápio. Puro fingimento. Mas é assim que eu vou fazer. E o melhor: não vou ter que lavar louça. Ô, meu Deus, de tudo isso que eu falei, já me contento só com parar de ter que lavar louça!

 

Campos Eternos  

Porque hoje é sábado


 

 

Apascenta-se de cinza; o seu coração enganado o desviou, de maneira que já não pode livrar a sua alma, nem dizer: Porventura não há uma mentira na minha mão direita?

Is 44:20

 

Isaque… kkkkk


 

 

Tempero

…porque a alegria do SENHOR é a vossa força. Ne 8:10

       The image “http://www.wordsarepictures.co.uk/images/water_550x700px.jpg” cannot be displayed, because it contains errors.

A alegria do SENHOR é cantada em verso e prosa, tudo bem, o SENHOR é grave e sisudo e como é difícil extrair textos engraçados da Bíblia, para os que têm o Temor do SENHOR como princípio de sabedoria. Deus é o SENHOR do Cântico dos cânticos, com toda certeza é o SENHOR do Humor também, do tempero.

 

Davi, o rei, tinha reputação em toda a região de ser um homem de guerra, quando ele precisou babar e fingir-se de louco para que a sua reputação não fosse posta a prova por um exército, não pensou duas vezes e mandou ver. O homem segundo o coração de Deus, eu amo citar isso, babou na barba. (I Sm 21:14) kkkk

 

O SENHOR me tocou a postar aqui meu cotidiano e diminuir textos de estudo, já que coloco aqui meu caminhar diário com Deus, preciso mostrar que sou engraçada e alegre também.

 

A questão é publicar humor e não cair na zombaria, reconheço, sou engraçada e muitas vezes me rio do sofrimento alheio, das mancadas dos outros, e de muita baixaria, dos e-mails que recebo impublicáveis num espaço, dito cristão, repasso para  um amigo blogueiro cristão, que sem hipocrisia os publica no espaço dele, este é o ponto, pra mim não serve, pra ele sim.

 

Que hipocrisia a minha! Na minha capa de santidade, não me permito me expor para não pegar mal, se não é bom pra mim, não é bom pra ninguém, e se é bom pra ele, por que não pra mim? Quero tirar o riso frouxo que muitas vezes me vem quando na presença do SENHOR.

 

E a partir de agora estou me desafiando a isso, se alguém tiver coisas engraçadas pra contar este espaço está sendo inaugurado agora, conto com você.

 

Humor sutil para pessoas de fino trato…

Em Cristo ressuscitado, que aparece a discípulos que não O reconhecem. Com divertida ironia, deixa que Cleofas e seu companheiro (Lc 24) Lhe expliquem longamente o que aconteceu a Jesus de Nazaré… (- "Tu és o único forasteiro em Jerusalém que não sabe de Jesus Nazareno? – "Ah é, é? O que foi, hein?"). kkkkk

 

Bom humor também nos gestos de Jesus. Ele – que foge quando querem fazê-lO rei (Jo 6, 15), após a multiplicação dos pães – finalmente, no Domingo de Ramos, deixa-se aclamar como rei e o faz em tom de humor: entrada triunfal em Jerusalém, montado num burrinho!!! (os discípulos que tomavam a sério a idéia de um reinado temporal "não compreenderam isto", Jo 12, 16). kkkkk

 

Calma gente! Eu nunca soube contar piada, é um talento que vou ter que batalhar…

 

 

 

A corda


 

A Fé e a Corda

 

Esta é a história de um alpinista que sempre buscava superar mais e mais desafios. Ele resolveu, depois de muitos anos de preparação, escalar o Anconcágua. E ele queria a glória somente para si.

Resolveu então escalar sozinho sem nenhum companheiro, o que seria natural no caso de uma escalada dessa dificuldade. Ele começou a subir e foi ficando cada vez mais tarde, porém ele não havia se preparado para acampar e resolveu seguir a escalada, decidido a atingir o topo.

Escureceu, e a noite caiu como um breu nas alturas da montanha, e não era possível mais enxergar um palmo à frente do nariz, não se via absolutamente nada. Tudo era escuridão, zero de visibilidade, não havia lua e as estrelas estavam cobertas pelas nuvens. Subindo por uma "parede", a apenas 100 metros do topo, ele escorregou e caiu…

Caia a uma velocidade vertiginosa, somente conseguia ver as manchas que passavam cada vez mais rápidas na escuridão. Sentia apenas uma terrível sensação de estar sendo sugado pela força da gravidade. Ele continuava caindo e, nesses angustiantes momentos, passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que ele já havia vivido em sua vida.

De repente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade…. Shack! Como todo alpinista experimentado, havia cravado estacas de segurança com grampos presos a uma corda comprida que fixou em sua cintura.

Nesses momentos de silêncio, suspenso pelos ares na completa escuridão, não sobrou para ele nada além do que gritar:"Oh, meu Deus! Me ajude!"

De repente uma voz grave e profunda respondeu: "O que você quer de mim, meu filho?"

– Me salve, meu Deus, por favor!

– Você realmente acredita que Eu possa te salvar?

– Eu tenho certeza, meu Deus.

– Então corte a corda que mantém você pendurado…

Houve um momento de silêncio e reflexão.

O homem se agarrou ainda mais a corda e refletiu que se largasse a corda morreria…

Conta o pessoal de resgate que no outro dia encontraram um alpinista congelado, morto, agarrado com as duas mão a uma corda a não mais de dois metros do chão.

E você…? Está segurando a corda…??? Por que você não a solta e deixa
Deus te guiar…???

 

  Autor desconhecido (InformeÁgape)

O bobo da corte


 

      http://www.cluboctane.com/images/SLICK_RICK_2.jpg

 

O bobo é um tipo popular. Existe o bobo por conveniência; o bobo por esquecimento; o bobo que gosta de fazer os outros de bobos, e assim por diante. Ultimamente apareceu até um samba que diz – “tem bobo pra tudo”. Mas o bobo de que vou falar agora é o bobo clássico da corte.

 

Houve um tempo em que os reis e nobres tinham para seu gáudio um bobo ou truão. O papel que exercia era o de contar pilhérias ou outras histórias cômicas, de divertir os seus amos. Muitos desses bobos, porém, eram dotados de um espírito aguçado e não raras vezes davam respostas que deixavam aturdidos seus interlocutores.

 

Conta-se, por exemplo, a história de um soberano da Saxônia que, querendo se divertir com o seu bobo, convidou-o a um dia a tomar parte num banquete real. Chamou os seus copeiros e lhes ordenou que não pusessem nenhuma colher no local destinado ao bobo.

 

Ao ser servida a sopa, o rei, em voz alta, disse:

 

– Fiquem todos sabendo que é um grande asno aquele que não tomar a sopa. O bobo verificou que não lhe haviam colocado a colher. Não se perturbou. Tomando o canto de um pão cavou todo o miolo, espetando em seguida a um garfo. Com a colher assim improvisada tomou calmamente a sopa diante da estupefação geral.

Depois, levantando-se e em voz alta, dirigiu-se aos comensais e disse:

 

– Fiquem agora sabendo que é um grande imbecil e asno todo aquele que não comer a sua colher como eu estou fazendo; e, dizendo isso, foi comendo o pão que lhe servira de colher.

 

Reinaldo Rodrigues, em A Voz do Cambuci.

 

 

Rir é o melhor remédio, todos concordam, ao que assume o papel de bobo, assume também posição de referência e certa influência, só que o bobo não ri de suas tiradas, porque se leva muito a sério, e ao fazer rir se descobre triste.

 

Pergunto ao bobo: quem te irá consolar, quando todos não mais te levarem a sério?

 

Antes de assumir tal postura, verifique os freios porque o declive é acentuado.

 

Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido. Pv 17:28

 

%d blogueiros gostam disto: