Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.

Posts marcados ‘Moral da História’

O Leão e a Fidelidade




 

 

O Leão e  a Fidelidade

 

 

 

Aproveitando o romantismo no blog esta semana, nada programado, quero lembrar aos casados, noivos, namorados ou apaixonados, e principalmente àqueles que buscam a face de Deus e seguir as orientações do Mestre Jesus; que na bênção dada por Jacó a seus filhos a unção de liderança e reinado recaiu sobre Judá, e Jesus é o Leão desta Tribo. Isto é, o Rei dos reis. 

 

 

Metáforas  são figuras de linguagem em que um termo substitui outro em vista de uma relação de semelhança entre os elementos que esses termos designam.

 

 


Em média, o leão, quando cresce, pesa cerca de 250 kg e mede 2 metros de comprimento mais a cauda e 1 metro de altura. Por isso é chamado o rei da selva. 

 

 

Leão Jovem

 

Os leões jovens são ferozes e atacam o homem sem nenhuma provocação, pois estão acometidos de uma crise de agressividade. Mas são rapidamente capturados por caçadores. Os que não são capturados, logo adquirem hábitos mais calmos quando termina a adolescência.

 

 

Fiel até morrer

 

Aos dois ou três meses de idade, o leão chega a plenitude de sua força. No vigor da juventude é agressivo, ágil e feroz. Dedica-se com crueldade aos prazeres da caça.´

 

 

Mas um dia, é chamado pelo amor.

 

 

Torna-se melancólico. Rebanhos de antílopes e zebras passam pela sua frente e ele não se perturba.

 

 

Pode até conviver algum tempo com eles, em boa paz.

 

 

Nesse momento tudo o que lhe interessa, é encontrar a leoa de seus sonhos… Procura-a em toda parte, até que finalmente a encontra. Passeia em sua frente, exibi-lhe a bela juba recém-crescida, seu orgulho.

 

 

Depois que acasalam, nenhuma outra leoa o atrai – é fiel até o fim da vida. Mesmo que sua esposa morra ou seja capturada, o leão não procura outra. A leoa viúva ou separada, fica solitária até morrer.  (que lindo!)

 

 

Para que as futuras gerações existam a família tem que ser edificada em virtude, fidelidade, amor e respeito entre os casais.

 

 

Jesus  o Leão da Tribo de Judá, o Rei dos reis, com fidelidade à sua Noiva, nós a Igreja, a fim de restaurar a honra de sermos chamados filhos de Deus, cumpriu sua missão até a morte, e morte de cruz. E assim ensinou ao homem amar a sua esposa e a esposa a ser submissa ao seu marido.

 

 

No post abaixo estou fazendo uma brincadeira de como nós mulheres somos vistas pelos homens e vice-versa,  infelizmente, a guerra dos sexos é um comércio muito lucrativo para alguns segmentos:  revistas masculinas, advogados, indústria de móveis e imobiliárias,  desacreditar o casamento e os relacionamentos entre homens e mulheres é o filão do mercado e que a mídia diz, amém. 

 

 

Por outro lado, não há nada de concreto refletindo o crescimento das Igrejas, em que a face do Criador seja vista!

 

 

Teria Mamom assumido os púlpitos?

 

 

Minha oração é: Senhor oriente seus líderes a praticarem e pregarem todos os aspectos dos ensinamentos de Jesus, o Cristo.

 

 

No Nome dEle eu oro.

 

 

Amém.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Anúncios

Israel é o único país no mundo que …



 

 

Israel é o único país do mundo onde…

 

O jornalista israelense nascido na Hungria, Efraim Kishon (Z’L), demonstrava o bom humor que prevalece apesar das dificuldades do país. Algumas de suas frases são hilárias…

Israel é o único país do mundo onde estouraram projéteis iraquianos, Katiyushas libaneses, suicidas de Gaza e mísseis sírios e, apesar disso, um apartamento de 3 dormitórios custa mais do que em Paris.

Israel é o único país do mundo onde os aposentados fazem greve.

Israel é o único país do mundo onde o cantor mais popular continua morando com os pais.

Israel é o único país do mundo onde jogadores de futebol trazem o pai ao treino, para que brigue com o treinador.

Israel é o único país do mundo onde, logo na primeira visita, o visitante pergunta “posso me servir na geladeira”?

Israel é o único país do mundo onde o fulano de camisa manchada e com colarinho aberto é sua Excelência, o Ministro. E o moço ao lado, de terno e gravata, é seu motorista.

Israel é o único país do mundo onde os acima de 60 anos ainda guardam rancor dos sargentos, da época em que serviram no Exército.

Israel é o único país do mundo onde aposentado de 101 anos funda um partido.

Israel é o único país do mundo onde os parlamentares que optaram por permanecer calados não param de falar.

Israel é o único país do mundo onde a mãe do chefe do EMFA sabe o número do seu telefone privado. É bom ele tomar cuidado…

Israel é o único país do mundo onde uma refeição israelense consiste em salada árabe, kabab romeno, pita iraniana e creme da Bavária. É que eles gostam de comida anti-semita.

Israel é o único país do mundo onde “nao te incomodei” significa “quero te incomodar”.

Israel é o único país do mundo onde muçulmanos vendem aos católicos lembranças santificadas, em troca de dinheiro com imagem de rabino.

Israel é o único país do mundo onde nenhuma mulher se dá com a sua mãe, mas mesmo assim se falam 3 vezes ao dia… 2 vezes sobre você.

Israel é o único país do mundo onde os ricos são socialistas extremados, os pobres, capitalistas incondicionais, e a classe média paga por tudo.

Israel é o único país do mundo onde, logo no primeiro encontro, pergunta-se à moça onde ela serviu no Exército.

Israel é o único país do mundo onde se descobre que ela era mais combativa que você.

Israel é o único país do mundo onde a maior parte das pessoas é incapaz de explicar porque mora lá, mas tem um monte de motivos porque não pode morar em outro lugar.

Israel é o único país do mundo onde, caso você odeie os políticos, os funcionários públicos, a situação, os impostos, a qualidade dos serviços e o clima… é sinal de que você gosta do país.

(fonte: PLETZ) via Verdes Trigos

 

A inconstância dos bens do mundo


 

":◦.»ώ«.◦:"

INCONSTÂNCIA DOS BENS DO MUNDO
Gregório de Matos

Nasce o Sol e não dura mais que um dia,
Depois da Luz, se segue a noite escura,
Em tristes sombras morre a formosura,
Em contínuas tristezas, a alegria.

Porém, se acaba o Sol, por que nascia?
Se é tão formosa a Luz, por que não dura?
Como a beleza assim se transfigura?
Como o gosto da pena assim se fia?

Mas no Sol, e na Luz falte a firmeza,
Na formosura não se dê constância,
E na alegria sinta-se tristeza.

Começa o mundo, enfim, pela ignorância,
Pois tem, qualquer dos bens, por natureza
Firmeza somente na inconstância. 

":◦.»ώ«.◦:" 

":◦.»ώ«.◦:"":◦.»ώ«.◦:"

Brechas no Espírito


 

BRECHAS DO ESPÍRITO

 

 

Conta-se, a título de ilustração, que um beduíno, numa de suas viagens, armou sua tenda à beira da estrada e sentou-se em uma confortável almofada, para descansar e refugiar-se do sol escaldante, deixando seu camelo do lado de fora.

 

À certa altura, o camelo colocou a cabeça numa brecha da tenda, procurando um pouco de sombra. O beduíno viu e nada fez. Afinal, aquilo não o incomodava. E o camelo, pouco a pouco, foi colocando seu corpo para dentro da tenda, para escapar do sol.

 

O beduíno continuava sem nada fazer, até que, num determinado momento, o camelo encontrava-se deitado na confortável almofada, enquanto o beduíno estava do lado de fora da tenda, exposto ao sol.

 

Conosco acontece a mesma coisa. As pessoas, quer no âmbito da família, do trabalho, da comunidade ou da igreja, vão absorvendo, lentamente, práticas, costumes e conceitos trazidos do mundo, que vão se insinuando sorrateiramente em nossas vidas.

 

 

A televisão tem, de certo modo, colaborado de modo negativo para a subversão de valores morais, através de novelas e de programas pouco recomendáveis. E, via de regra, quase todos, principalmente os jovens, vão entrando na onda dos modismos, levando-os para os lares, para seu cotidiano e mesmo para as igrejas.

 

Essas inovações vão desde as roupas até a banalização e relativização de valores espirituais e morais, passando pelo linguajar, costumes, irreverência, sensualidade, supervalorização do corpo, etc.

 

Paulo foi um apóstolo extremamente preocupado com o comportamento dos cristãos. Em sua carta aos romanos ele recomenda: “Não vos conformeis com este século”, ou seja, não se amoldem aos costumes do mundo.

 

O cristão tem uma identidade. Jesus, falando aos seus discípulos, disse: “Vocês estão no mundo, mas não são do mundo” e, “Vocês são luz do mundo e sal da terra”. O cristão, através de seu testemunho de vida, deve transformar a sociedade, que dia a dia se afasta mais de Deus e é envolvida pelo materialismo.

 

Todos nós temos nossas brechas espirituais; não somos perfeitos. Sabedores dessa deficiência, devemos vigiar essas brechas, evitando que o virus do mundanismo e das inovações pós-modernistas comecem a invadir nossas vidas

passando pelas brechas, e façam um estrago maior do que já têm feito.  Não podemos ser como o beduíno da ilustração, que terminou sendo expulso de sua tenda por seu camelo.

 

Não devemos viver como os eremitas, que se escondem nas cavernas, longe do mundo, buscando manter-se imunes às tentações. Mas, enquanto estivermos neste mundo, devemos zelar por nossa identidade cristã, cuidando para que nossas brechas espirituais não sejam invadidas.

 

Nosso papel no mundo é o de transformar vidas, e não o de sermos transformados pelo mundo. Se não for assim, para que serve o sal, se não salgar?

 

Infelizmente, há pessoas que, para não parecerem antiquadas, terminam por fazer concessões, como o beduíno, e, deste modo, contribuem para o envenenamento mental da sociedade. Claro que há novidades sadias. Mas é preciso ter discernimento para separar o joio do trigo. Há muitas novidades danosas travestidas sob a forma de cordeirinho.

 

Nestes tempos de luta em defesa do meio-ambiente, devemos nos esforçar, também, pela defesa de nossa ecologia espiritual, que está bastante poluída. Vivemos a época de malhação e do culto ao corpo, mas devemos procurar, também, malhar o espírito e cultuar a Deus. Há muitos corpos esbeltos circulando por aí, mas com almas anêmicas, que necessitam ser fortalecidas.

 

Da mesma forma que cuidamos da segurança de nossos lares, usando circuito interno de TV, porteiro eletrônico, cercas eletrificadas, alarmes, etc., vigiemos, também, nossas brechas espirituais, evitando a invasão da privacidade de nossas almas.

 

O preço de nossa liberdade é a vigilância constante. “Vigiai e orai”, disse Jesus. E, se Deus não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.

 

 

Vlw Lito Touron

 

O Dia em Que a Terra Parou na NASA


 

 

Cientistas da NASA (North-American Space Agency), agência espacial norte-americana, no início da década de 80, em Green Belt, Maryland, dedicaram-se a uma exaustiva pesquisa,

 

Com o uso dos mais modernos recursos da Informática, para estabelecer a posição exata do Sol, da Lua e dos diversos planetas do nosso sistema solar durante o próximo milênio.

 

Harold Hill, presidente da companhia de engenharia Curtis, com sede na cidade de Baltimore, também em Maryland, relata sua experiência no cargo de consultor do programa espacial daquele período:

 

 “Precisamos desses dados para que satélites possam ser lançados ao espaço para missões de exploração de novos corpos celestes sem que entrem em rota de colisão com qualquer um deles.

 

Como pretendemos construir foguetes não-tripulados com autonomia para muitas e muitas décadas no espaço, precisamos traçar sua trajetória com precisão para que as gerações futuras venham a receber e analisar os dados enviados por eles.

 

Nós e os cientistas da NASA, descobrimos que falta um dia no calendário universal !

 

Envolvido nesta pesquisa, pude presenciar uma descoberta fantástica: falta um dia na história do Universo!

 

“Eis como tudo aconteceu: Os engenheiros da NASA colocaram os dados no computador para que ele determinasse a exata posição dos astros, tanto no passado quanto no futuro, e então surgiu um impasse.

 

O computador subitamente interrompeu o programa e mostrou na tela um aviso de que havia algo errado nos números que lhe serviram de base para os cálculos.

 

Os engenheiros da IBM foram imediatamente chamados para verificação de um possível defeito e, após um cuidadoso exame de toda a rede de informática, garantiram que estava tudo em ordem.

 

Entretanto, havia entre eles um evangélico, que fazia parte da equipe e lembrou-se de que Josué, segundo os textos sagrados, certa ocasião ordenara ao Sol que parasse…

 

Contou o episódio aos seus colegas. Ninguém acreditou, a princípio, pois todos os outros cientistas eram acostumados a fatos concretos. Assim, eles o desafiaram a provar o que dizia.

 

O cientista, ao ser desafiado, pegou a Bíblia e mostrou Josué 10:12 “Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor entregou os amorreus nas mãos dos filhos de Israel; e disse, na presença dos israelitas: Sol, detém-te sobre Gibeom, e tu, lua, no vale de Aijalom”.

 

Explicou-lhes que Josué se encontrava rodeado por inimigos e se a noite caísse, eles poderiam sobrepujá-lo. Pediu, portanto, a Deus que o Sol parasse, e assim aconteceu, o Sol não se pôs o dia todo.

 

Depois destas explicações, resolveram colocar esses novos dados nos computadores para ver se era realmente o dia que faltava e, voltando no tempo, achamos uma resposta aproximada. O período que faltava no tempo por causa do pedido de Josué era de 23 horas e 20 minutos;

 

Não era, portanto, um dia inteiro, conforme garantiam os computadores da NASA. Com esse resultado, os cientistas voltaram ao livro de Josué e acharam o capítulo 10 v.13: “E o Sol se deteve, e a Lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos… O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro”.

 

Bem, o texto bíblico confirmava que não era exatamente um dia inteiro e esse achado foi muito importante, mas ainda assim continuavam em dificuldades, porque faltavam 40 minutos, e não é possível realizar cálculos para séculos futuros com um erro desse tipo.

 

Após algum tempo, aquele cientista evangélico lembrou-se de outra passagem bíblica que mencionava outro episódio a respeito do sol. Dessa vez o astro maior teria regredido no tempo.

 

Todos ficaram atônitos… absolutamente mudos! Novamente o primeiro impulso foi de descrédito, porém, utilizando-se de um programa específico para consultas bíblicas, chegaram ao seguinte texto:

 

II Reis 20v.8 – Ezequias disse a Isaías: Qual será o sinal de que o Senhor me curará, e de que ao terceiro dia subirei à casa do Senhor? v.9 – Respondeu Isaías: Ser-te-á isto da parte do Senhor como sinal de que Ele cumprirá a palavra que disse: Adiantar-se-á a sombra dez graus, ou os retrocederá?

 

v.10 – Então disse Ezequias: É fácil que a sombra adiante dez graus; tal, porém, não aconteça, antes retroceda dez graus.v.11 – Então o profeta Isaías clamou ao Senhor; e fez retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. .

 

Ficaram todos quietos naquele momento. A incredulidade por causa daquilo que é concreto foi fulminada pelas palavras de um livro milenar, muitas vezes ignorado.

 

Dez graus são exatamente 40 minutos que, somados às 23 horas e 20 minutos do tempo utilizado por Josué, formam precisamente as 24 horas (um dia) faltantes em nossos cálculos.

 

 

Essa  verdadeiramente é a  Palavra de Deus !!

 

Texto extraído de depoimento do Dr. Harold Hill e adaptado pela Revista Plenitude

 

 

10 de maio comemorou-se Dia da Pangea


 

 
Mas o que é Pangéa?
 

Pangéa foi o nome dado ao continente que, segundo a teoria da Deriva continental, existiu há 200 milhões de anos, na era Mesozóica, durante os períodos Jurássico e Triássico. A palavra origina-se do fato de todos os continentes estarem juntos (Pan) formando um único bloco de terra (Geia). Ou seja, era uma junção de todos os atuais continentes e ficava situada ao Norte da Terra.

 

A Pangéa teria se dividido primeiro em duas grandes massas continentais, Laurásia ao norte e Gondwana no sul, que posteriormente se dividiriam novamente e dariam origem aos continentes conhecidos nos dias de hoje.

 

Não podemos precisar quanto tempo Adão viveu no Jardim do Éden antes da queda, visto que não conhecia o pecado e sua conseqüência à morte. Temos que considerar que ele estava em um lugar atemporal como é o SENHOR DEUS.

 

Quando lemos Gênesis cap 2 percebemos que existe um período de tempo indeterminado entre a narração de um fato e outro, por exemplo, antes da mulher ser criada Adão passou um período se relacionando somente com Deus. A prova disso está nos versículos 19 e 20 que relatam o fato de Adão ter dado nome a tudo quando Deus criara até então, o que comprova que isso aconteceu durante um longo período.

 

Durante esse período o SENHOR DEUS teve um relacionamento íntimo, profundo com Adão que passou a conhecer o Seu caráter. Quando Adão foi confrontado entre fazer a vontade de Deus e pecar ele já tinha o conhecimento do poder, da bondade, misericórdia, enfim dos vários atributos do seu Criador, o que o tornava apto a poder escolher (livre arbítrio).

 

Baseado nisso podemos também concluir que Adão viveu no período em que a terra  era unificada, visto que no relato de Deus quanto a formação do Jardim do Éden o rio Giom passava pela Ásia e África, dois continentes separados por mar, nos dias de hoje.

 

  Texto de Magali Fernandes (minha eterna discipuladora)

Imira, Taíra, Ipi


 

                     Imira, Taíra, Ipi

                            

 

Primeira cena Saci

 

Tupinambá nativo,  verde terra da tribo, mergulhada no  céu  do mar;

 

No jardim: o guerreiro do bruto da árvore tira flecha certeira, natureza, desabrochar;  dentro de si  buniteza de  criança a corar.   Mulher faz comida boa,  banana verde, peixe pra quentá, da ossada: farinha,  fruto do quintal  Ubá-tyba.

 

Da praia às ilhas, canoas o vento a levar, silêncio e paz maternal, nação Tamoio, reino tropical. Imira a conquistar.

 

É 1560, já se passaram sessenta do nobre: português. Vindos de outro mar: holandês e francês. Querendo tudo comprar. 

 

 

Segunda Cena Ya

 

Mata  cabeça da tribo, submete,  violenta. Um povo a catequizar.

 

Diz o tal  Pero Caminha: Em se plantando tudo dá! 

 

 

Terceira Cena Narciso

 

Rebelião por espelhos: franceses a incitar.

 

Cunhambebe, chefe, cara sisuda a olhar o que não tem fim se não mistura tudo morre, Taíra, Tupinambá.  Vá mulher com o padre miscigenar,  pranteia o jardim. Em resposta: é coação, quem vai dizimar? Nós não podemos casar. 

 

No cárcere, Anchieta, liberta, sem o poder da marreta, o coração de Cunham, fica com a chave do reino  agora não mais Tamoios em Guerra.  Francês e Holandês vão embora  dessa terra, que o homem vermelho acaba de dar.

 

Deu tanto ao reino do Norte que daqui vem abusar, até levaram para si do seu ouro: infantilidade,  corar do rosto a maçã, um reino a massificar.

 

Quarta Cena Madeira

 

Toco vermelho, pau brasileiro, à  cor da roupa rubrar, já levamos quase tudo; um pouco mais do cacau. Consolida tudo Nassau.

 

Quinta Cena é Ipi

 

Primos lá no Japi, um morro bem ali, virando savana, nome bacana, tudo trocado por trator, nessa terra tem senhor, seu doutor.

 

A última Cena é o Jarí

Há trinta anos aqui, só falta um mais um pouco, manda tudo pro rio;  Que rio? Secou. 

 

Planeta Terra  Inflamando  22/04/2008 – 2050 chegando…

Visite, antes que acabe.

 

Ysti cá a chorá!!!

 

 

O nome é de um disco raro do Taiguara que ouvia quando criança, perdi; o melhor dele ficou em mim. 

 

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: