Ele quebrou a regra para cumprir a Lei.

Posts marcados ‘Pessoas’

Família um tesouro tão pouco desfrutado…


 

CRIANÇA  
Se todos fôssemos iguais a você…

 

FOTO: FFFFOUND!

 

 

Um conselho que restaura casamento.

 

1. Não use um martelo para matar um mosquito na cabeça do seu cônjuge!

 

2. "Você não precisa machucar o outro com a desculpa de que está sendo  sincero, realista e verdadeiro".

 

3.    Será que você não exagera em suas reações a coisas pequenas?

 

4.    Livre-se do pecado da precipitação

 

Um homem de uns quarenta anos entrou em um restaurante e foi direto no balcão onde serviam bebidas e perguntou para o garçom:

 

– Você tem alguma coisa que cure soluços? Sem dizer um palavra o rapaz pegou um pouco de água e espirrou no rosto do homem que levou um susto. – Epa! Que idéia é essa rapaz?

 

– Bom – respondeu o garçom, sorrindo, seus soluços acabaram, não foi?

 

– Mas eu não estava com soluços – respondeu o homem. – Queria alguma coisa para curar a minha mulher, que está no carro lá fora.

 

Você é uma pessoa que chega a conclusões bem antes de examinar o problema em toda a sua extensão? Você costuma fazer tempestade em copo d’agua? Pessoas precipitadas erram toda hora, sempre deixa alguém chateado para trás e vive tendo que pedir desculpas.

 

É por esta razão que você precisa estar sempre atento quando a temperatura começa a subir no momento de uma discussão, pois "quando os ânimos se exaltam, as pessoas ficam predispostas a usar bombas em situações nas quais um estilingue resolveria, e isso faz o problema crescer" disse John Maxwell. Pessoas com habilidade emocional sempre procuram fazer com que a reação seja mais branda do que a ação, aí o problema geralmente diminui.

 

5.    Antes de responder:

 

      Ouça com muita atenção,

 

      Faça perguntas inteligentes,

 

      Ouça todas as partes e

 

    Conte até 100 se for necessário e só então responda.

 

6.    Não deixe marcas negativas no coração do seu cônjuge.

 

Um pai que tinha um filho muito rebelde resolveu desenhar um coração atrás da porta e encher de pregos. Certo dia, o filho ao ver aquele coração, chamou o pai e perguntou: – Foi o senhor quem desenhou e encheu de pregos esse coração? Pode me explicar o por que? O pai respondeu:

 

– Filho, este é o meu coração em relação às suas atitudes. Eu sou um pai com o coração ferido, você me causa muita tristeza. O filho levou um susto e disse: – Se a partir de hoje eu mudar, o senhor tira os pregos? – Está combinado meu filho. Não demorou muito tempo, o filho estava completamente mudado, manso, educado, respeitador, obediente e submisso.

 

Ansioso, o menino resolveu dar mais uma olhada atrás da porta, para sua surpresa não havia mais nenhum prego. Ele chamou o pai e disse: – Que bom pai, não há mais nenhum prego em seu coração! O que o pai respondeu: – Filho, olhe bem para o coração. Observe que os pregos saíram, mas as marcas ficaram. Nunca se esqueça, as suas ações e atitudes sempre deixam marcas no coração das pessoas. Seja o filho que amanhã você quer ter!

 

Se todos os casais levassem a sério este principio, eles trocariam o martelo por um luva de pelica. Pense nisso.

 

Leitura Bíblica devocional: Provérbios 14.29,30; 15.1; 16.32; Mateus 5:5; Ef 4.26,27, 29-37.

 

Pr. Josué Gonçalves

 

                  

Obrigada Judith Gabriela (e-mail)

 
 
 
 
Se  tivéssemos noção do que Cristo quis dizer
com não deixarmos de ser crianças para vermos a Deus,
cultivaríamos nossos relacionamentos com
muito respeito
Eu acredito em milagres!
 
 
 

Anúncios

Poetinha




 

Amigos

Vinicius de Morais

Poetinha

 

 

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.

Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

 

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.

 

E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

 

Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências .. 

 

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.

Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.

 

Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.

 

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.

 

Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.

 

E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

 

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.

Se todos eles morrerem, eu desabo!

 

Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.

E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo. 

 

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer …

 

Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

 

A gente não faz amigos, reconhece-os.

 

Amém 



Gotas de Perfume


 

Algumas gotas de perfume

 

FOTO: DOMINGOS PEIXOTO

 

Os retornos da vida nem sempre são visíveis, nem sempre são caminhos previsíveis ou nem sempre estão ali na frente.

 

E o fato de se ter que viver nessa incógnita do dia seguinte faz com que alguns fechem-se, como conchas que escondem em si pérolas de inestimável valor.

 

Muitos hesitam em dar de si porque acham que oferecendo-se, perdem-se. Constroem muros em torno de si, ilham-se.

 

Certas pessoas não se entregam a amores, ficam reticentes ante abraços e à ternura de abrir-se inteiramente, desfolhar o coração e desnudar a alma, como fazem as flores, sem querer saber o porquê e se haverá algum retorno.

 

Aqueles que se doam incessantemente, totalmente e integralmente desgastam-se sem olhar para trás e sem querer ver longe demais, crescem em estatura da alma, mesmo se em alguns momentos o cansaço e o desânimo atingem levemente o coração. 

 

Mas amar incondicionalmente é amar de olhos fechados, é transformar através das nossas vivências a visão que outros têm da vida, é contribuir para a escalada na busca do eterno.

 

Algumas gotas de perfume recaem sobre nós quando somos bons, quando nosso prazer maior está em servir e nosso eu e nosso ego ficam de lado.

 

Não é possível dar de si sem que um pouco do gesto não recaia dentro do coração, sem que Olhos atentos e agradecidos estejam pousem-se sobre nós, abençoando-nos.

 

Que o Senhor abençoe a cada um de vocês, restaurando cada recanto da alma, mostrando a cada qual o valor que ele tem!

 

 

Desconheço o Autor

 

 

Exemplo: Um ator em Hollywood bom Caráter


 

"Eu fui um acidente, Levi não",

diz Matthew McConaughey

Por: HELENA DIAS

Em São Paulo 

 

  

  O ator concedeu sua primeira entrevista

depois que se tornou pai

 

O casal Camila Alves e Matthew McConaughey concedeu a primeira entrevista sobre seu filho, Levi, à revista americana "OK Magazine". Os dois disseram que a gravidez não foi um acidente. "Ela chegou em casa e disse: ‘Eu acho que você vai querer abrir sua melhor garrafa de vinho’", disse McConaughey sobre a novidade.

 

O casal declarou que realmente queria um menino. O ator, que é fã de surfe, brincou na entrevista. "Levi estará surfando já no próximo fim de semana. Mal posso esperar para poder levá-lo comigo", disse o pai coruja.

 

Camila e McConaughey contaram ainda que gostam de preservar a individualidade e assim vai ser com o bebê. Sobre dar um irmãozinho para Levi, eles concordaram em dizer que ainda é muito cedo para pensar nisso.

 

A modelo brasileira Camila Alves deu à luz Levi no dia 7 de julho. As informações são do site norte-americano "Pop Sugar".

 

 

Nunca fiz fofoca hollywoodiana, mas existem exemplos de pessoas que mesmo tendo motivos de sobra, não abusam da fama.

 

Exemplo esse ator, que é um dos ou o mais cobiçado pelas colegas, na entrevista nota-se que está constituindo família, raridade no meio onde o homossexualismo impera, esta é a causa dele ser o alvo das atrizes milionárias de Hollywood. 

 

Que Deus abençoe essa família.

 

 

Esse encantamento vale… Neruda


 

 

 

 

 

Me encante da maneira que você quiser, como você souber.

Me encante, para que eu possa me dar.

Me encante nos mínimos detalhes.

Saiba me sorrir, aquele sorriso malicioso e gostoso, inocente e carente.

Me encante com suas mãos, gesticule quando for preciso, me toque, quero correr esse risco.

Me acarinhe se quiser, vou fingir que não entendo, que nem queria esse momento.

Me encante com seus olhos, me olhe profundo, mas só por um segundo, depois desvie o seu olhar, como se o meu olhar não tivesse conseguido te encantar…

e então, volte a me fitar, tão profundamente, que eu fique perdida, sem saber o que falar…

Me encante com suas palavras, me fale dos seus sonhos, dos seus prazeres, me conte segredos, sem medos…

e depois me diga o quanto te encantei.

Me encante com serenidade, mas não se esqueça, também tem que ser com simplicidade, não pode haver maldade.

Me encante com uma certa calma, não tem pressa, tente entender a minha alma.

Me encante como você fez com a primeira namorada, sem subterfúgios, sem cálculos, sem dúvidas, com certeza.

Me encante na calada da madrugada, na luz do sol ou embaixo da chuva. Me encante sem dizer nada ou até dizendo tudo, sorrindo ou chorando, triste ou alegre…

e prometo te encantar todos os dias do resto das nossas vidas!!! 

 

mas me encante de verdade, com vontade… que depois, eu te confesso que me apaixonei

 

Texto: Pablo Neruda 

 

(Do tempo em que amor era para toda a vida…)

 

Amor na visão das crianças


 

O AMOR NA VISÃO DAS CRIANÇAS

      

           Óleo s/ tela Iman Maleki

 

 

 

"Amor" foi o tema de pesquisa feita por profissionais de educação e psicologia a um grupo de crianças entre 4 e 8 anos, nos EUA, e  transcrito no jornal "O que é o amor?"

 

*  Se você quer aprender a amar melhor, você deve começar com um amigo  que você não gosta – Nikka, 6 anos

 

*  Quando minha avó pegou artrite, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô desde então, pinta as unhas para ela,  mesmo quando ele tem artrite – Rebecca, 8 anos

 

*  Amor é quando uma menina coloca perfume e o menino coloca loção pós-barba, aí eles saem juntos e se cheiram –  Karl,   5 anos

 

*  Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome é diferente – Billy, 4 anos

 

*  Amor é quando você sai para comer e oferece suas  batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as  batatinhas dela –  Chrissy, 6 anos

 

*  Amor é quando alguém te magoa, e você mesmo muito magoado não grita  porque sabe que isso fere seus sentimentos –  Samantha, 6 anos

 

*  Amor é quando minha mãe faz café para o meu pai e toma um gole antes para ter certeza que está do gosto dele – Danny, 6 anos

 

*  Quando você fala para alguém algo ruim sobre você mesmo e sente medo que essa pessoa não venha a te amar por causa disso.  Aí você se surpreende, já que não só continuam te amando, como agora te amam mais ainda- Mathew, 7 anos

 

*  Há dois tipos de amor, o nosso amor e o amor de  Deus, mas o amor de Deus  junta os dois – Jenny, 4 anos

 

*  Amor é quando mamãe vê o papai suado e mau cheiroso  e ainda fala que ele é mais bonito que o Robert Redford – Chris, 8 anos

 

*  Durante minha apresentação de piano, eu vi meu pai  na platéia me  acenando e sorrindo, era a única pessoa fazendo isso e eu já não sentia medo- Cindy, 8 anos

 

*  Amor é quando você fala para um garoto que linda  camisa ele está  vestindo e aí ele a veste todo dia – Noelle, 7  anos

 

*  Quando você ama alguém seus olhos sobem e descem e  pequenas estrelas saem de você – Karen, 7 anos.

 

*  Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você  deixa ele sozinho o dia inteiro – Mary Ann, 4 anos

 

*  Eu sei que minha irmã mais velha me ama, porque ela me dá todas as  suas roupas velhas e tem que sair para comprar outras – Lauren, 4 anos

 

*  Amor é como uma velhinha e um velhinho que ainda são muitos amigos  mesmo se conhecendo há muito tempo – Tommy, 6 anos

 

E você, como definiria o amor?

 

 

A que vieste amigo?


 

A que vieste amigo?

 

 

Se convém gloriar-me, gloriar-me-ei no que diz

respeito à minha fraqueza.

2 Co 11:30

 

 

 

Desde minha conversão ao cristianismo aprendi que a Palavra de Deus se cumpre, principalmente no que diz respeito a vingança: “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor”. Rm 12:19. E também: “Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”. Hb 10:31

 

Quando Davi foi perseguido por seu filho Absalão, ele e seus valentes, hábeis na arte da guerra destemidos na batalha, acompanhando a fuga de Davi, foram humilhados e apedrejados por um homem da tribo de Benjamim: Simei.

 

Naquele momento Simei tinha autoridade para fazer acusações e bradar e gritar e esbaforir sua tentativa de vingança pela causa de Saul, a mesma autoridade que teve Pôncio Pilatos em crucificar a Jesus, a qual naquele momento tinha sido concedida do alto, como bem o disse o Senhor, que não pecou jamais; ao contrário de Davi que havia adulterado e mandado Urias para a frente de batalha e estava sendo vingado.

 

Deus é o mesmo, ontem, hoje e sempre, Ele não muda, permitiu que os amigos de Jó o acusassem ao invés de o consolar, mas quanto ao ouvir a oração só a de Jó,  e não a de seus “amigos”.

 

A Igreja tem que interceder, amar, chorar, orar pelos inimigos, ordem de Jesus, e às vezes nos aproximamos tanto deles na intenção de os livrar das mãos de Deus, do Deus vivo.  Pensando: eles irão se converter com nossa intercessão. Com nossa amizade, enfim…

 

Infelizmente, várias foram as vezes que vi os confrontadores cairem nas mãos do Senhor, e não sobrou muita coisa para falar, porque tudo se fez novo. É tão estranho, pessoas de meu convívio, que se apartaram quando me encontro com elas, não vêm à cabeça seus nomes, ou um mero sentimento, nem ódio, nem amor, nem nada, nulos, apagados, nada, como se tivessem sido riscados da Presença de Deus!

 

Não estou querendo fantasiar, é o que realmente tenho visto nestes meus doze anos de vida cristã.  

 

O pior é que tentei inúmeras vezes avisar, mas não fui ouvida, e assim o príncipe deste século cega o entendimento dos incrédulos.

 

Vem à minha mente  um sentimento de dor, quando Jesus diz para Judas: “A que vieste amigo?”

 

A minha oração é:

Senhor Jesus, por favor, seja tardio em irar para com aqueles que ainda nutro um fio de esperança por suas conversões.

 

Em Teu Nome.

 

Amém.

 

 

♥U 

%d blogueiros gostam disto: